Sapota Branca
Casimiroa edulis

Então confira agora os Benefícios da Sapota Branca:

 

 

  Para Tratar a Constipação: A Sapota Branca fornece uma quantidade elevada de fibra dietética (5.6 / 100g). Assim a Sapota Branca, é considerado como um excelente laxante a granel, o conteúdo de fibra proporciona alívio da constipação, e suporta a membrana de cólon e a faz resistente às infecções.

 

 Propriedades Antioxidantes: A Sapota Branca é rica em antioxidantes. Portanto a Sapota Branca, atua como um agente anti-envelhecimento por erradicar os radicais livres no corpo que são responsáveis por melhorar o processo de envelhecimento. A Sapota Branca também é eficaz na redução de rugas.

 

  Para Aliviar Dores: O óleo de semente de amêndoa de Sapota Branca é usado como pomada de pele. O resíduo da semente da Sapota Branca, após a extração do óleo, pode ser aplicado como um cataplasma em aflições dolorosas da pele.

 

 

  Propriedades Hemostáticas: A erva Sapota Branca é conhecida pelas suas propriedades hemostáticas, isto é, interromper a perda de sangue. Assim, a Sapota Branca é benéfica na redução de sangramento em caso de lesões. As sementes moídas da Sapota Branca podem ser aplicadas como uma pasta para aliviar picadas de insetos.

 

 

  Para o Couro Cabeludo: O óleo de semente de Sapota Branca nutre o couro cabeludo aliviando as condições da pele irritada e promove o crescimento saudável do cabelo. O óleo da Sapota Branca é considerado eficaz no tratamento da queda capilar causada por dermatite seborreica.

  Para Hidratar o Cabelo: Óleo extraído de sementes de Sapota Branca ajuda em hidratar e suavizar o cabelo, tornando-o assim mais controlável, e transmite brilho e é considerado excelente para cabelos encaracolados. A Sapota Branca é absorvida facilmente sem deixar resíduos gordurosos.

 

 

   Propriedades Antibacteriana: Devido à presença de antioxidantes polifenólicos, Sapota Branca é apontada a ter várias propriedades anti-viral, anti-parasitária e antibacteriana. Os antioxidantes presentes na Sapota Branca impedem que as bactérias entrem no corpo humano. 

 

 

  Para a Prevenção do Câncer: As vitaminas A e vitamina B presentes na Sapota Branca ajudam a manter a saúde do revestimento de muco do corpo e da textura da pele. Os antioxidantes, fibra dietética e nutrientes encontrados na Sapota Branca fornecem proteção contra o câncer e fortemente ligam os carcinógenos (toxinas) para proteger a membrana mucosa do cólon. A vitamina A fornece proteção contra câncer de pulmão e da cavidade oral.

 

 

  Para Saúde da Pele: A fruta Sapota Branca ajuda a tornar a pele brilhante, reduzindo assim a exigência de produtos de cuidados da pele para melhorar a textura natural da pele e aspecto. A vitamina E da Sapota Branca hidrata a pele, oferecendo pele saudável e bonita. 

 

 

  Para Tratar a Caspa: As sementes de Sapota Branca podem ser aterradas para fazer uma pasta e misturada com óleo de rícino. Esta mistura deve ser aplicada no couro cabeludo e lavada no dia seguinte. Isto faz do cabelo liso e o problema da caspa pode também ser controlado.

 

 

  Para Tratar as Pedras nos Rins: As sementes esmagadas da Sapota Branca agem como um diurético, ajudando assim a expulsar pedras da bexiga e rim. A Sapota Branca fornece proteção contra doenças renais também.

 

 

  com Propriedades Anti-inflamatórias: O alto teor de taninos faz da Sapota Branca um importante agente anti-inflamatório. Em outras palavras, a Sapota Branca ajuda na melhoria da condição do trato digestivo através da prevenção de doenças como esofagite, enterite, síndrome do intestino irritável e gastrite. A Sapota Branca também reduz a inflamação, por diminuir qualquer inchaço e dor.

 Para a Gravidez: Tendo uma alta dose de carboidratos e nutrientes essenciais, Sapota Branca é extremamente benéfica para as mães grávidas e lactantes. A Sapota Branca ajuda na redução da fraqueza e outros sintomas da gravidez, como náuseas e tonturas.

 

 Contra a Diarreia: A Sapota Branca é considerada um anti-diarreico devido suas propriedades purgativas. Uma decocção feita por ferver a Sapota Branca na água pode curar a diarreia. A Sapota Branca também ajuda no alívio de hemorroidas.

 

 

  Propriedades Desintoxicantes: A Sapota Branca atua como um diurético e, portanto, ajuda na remoção de materiais de resíduos do corpo através de micção frequente, impede edemas ou retenção de água, mantendo a concentração de água dentro do corpo.

 

 

  Para Saúde dos Ossos: Quantidades adicionais de cálcio, fósforo e ferro são requeridas pelos ossos para aumentar sua resistência. Sendo rica em cálcio, ferro e fósforo a Sapota Branca ajuda muito na melhoria e fortalecimento dos ossos.

 

  Para Saúde dos Olhos: A Sapota Branca contém uma grande quantidade de vitamina A. De acordo com a pesquisa, a vitamina A ajuda melhora a visão, mesmo durante a velhice. Assim, para ter ou manter uma boa visão, deve-se experimentar comer frequentemente a Sapota Branca.

 

  Para Tratar a Tosse: A Sapota Branca é eficaz em manter o congestionamento e tosse crônica em controle, removendo a fleuma e muco da passagem nasal e trato respiratório. Assim, ajuda no alívio de resfriado e tosse.

 

 

  Para Saúde Mental: Sendo um sedativo potente, a Sapota Branca ajuda a acalmar os nervos e aliviar o estresse. Assim, a Sapota Branca é aconselhável para pessoas que sofrem de insônia, ansiedade e depressão.

Os  Benefícios da Sapota Branca 

    A Sapota Branca possui uma grande quantidade de nutrientes que são essenciais para saúde geral do corpo. A Sapota Branca é uma fruta tropical, pertencente à família Sapotaceae.

 

 Seu nome científico é Casimiroa edulis e é nativa do México, América Central e Caribe. Os outros nomes de Sapota Branca são Chicku, lamoot, noseberry. A Sapota Branca tem uma textura granulada e um sabor almiscarado luz. Corte a fruta em duas metades e retire a carne para fora para fazer um suco refrescante.   

Sapota Branca
Casimiroa edulis

Cultivando

 A sapoteira-branca é uma árvore frutíferas que chega a atingir entre 6 e 14 metros de altura. De origem no México e Costa Rica, a planta é cultivada ocasionalmente em pomares domésticos no Brasil. Seus frutos são drupas arredondadas, inicialmente verdes e, quando maduros, amarelados. A polpa é carnosa-manteigosa de sabor muito doce e agradável, contendo de 2 a 5 sementes grandes. Sua maturação acontece de agosto até novembro.

 Essa planta já vem sendo cultivada no Brasil há vários anos, porém pouca gente a conhece, pois seu cultivo ainda está restrito em pomares de colecionadores de frutas.

 

Solos: Vários tipos de solos preferencialmente os profundos e férteis.

Luz: Pleno sol

Clima: Subtropical e temperado

Origem: México e Costa Rica.

Tempo para produzir: 5 anos para produzir

 

Tipo de cultivo: Adapta-se a vários tipos de solos, porém os recomendados são aqueles profundos, bem drenados e ricos em matéria orgânica. Prefere os climas subtropical e temperado e devem ser cultivas a sol pleno.

 

Atenção: Esta espécie necessita de polinização cruzada para frutificar, e por este motivo recomendamos o plantio de pelo menos dois exemplares.