Cultivando 

 Nome : Embaúba vem do Tupi-Guarani e significa “fruta da arvore de tronco oco” e isso é tão verdade que certas espécies de formigas vivem dentro dessas cavidades em simbiose, protegendo as árvores. Também chamada de Embaúba, Imbaúba, Preguiceiro e árvore da preguiça.

     

                                                                                        

 Origem: Ocorre nas matas primárias e úmidas da floresta semedecidua (onde algumas espécies de arvores perdem as folhas no inverno) e na beira de rios, nas matas ciliares de qualquer formação florestal, desde o Ceará até Santa Catarina, chegando também até o Pantanal. Brasil.

 

 

 Características: Árvore de 4 a 7 m de altura, com tronco de casca cinzenta com manchas brancas e com marcas deixada pela queda das folhas. A copa tem forma de taça com galhos bem distribuídos e ascendentes. As folhas se concentram no ápice dos galhos e são digitadas com 7 a 10 lobos (recortes) sob pecíolo (haste ou suporte) cilíndrico, medindo de 30 a 55 cm de comprimento. A lâmina foliar é áspera e tomentosas (coberta de lanugem), sendo que a face inferior é brancacenta e prateada, sendo essa uma característica que distingue essa espécie das outras. A inflorescência é axilar (no encontro da junção da folha com o ramo) e espiciforme (em forma de espiga) com inúmeras flores minúsculas e unissexuais.

 

 

 Dicas para cultivo: Árvore de crescimento rápido que resiste a baixas temperaturas de no máximo 0 grau, vegeta bem em qualquer altitude. O solo pode ser profundo, úmido, acido ou neutro, com constituição arenosa ou argilosa (solo vermelho) e até pedregoso. A árvore pode ser usada em reflorestamento como pioneira por ter crescimento rápido, resistir a seca e produzir alimento para os pássaros. Ótima espécie para ser cultivada em brejos ou banhados.

 

 

 Mudas: As sementes são minúsculas, alongadas de coloração escura e difícil de separar do fruto, o qual deve apodrecer e depois ser lavado em peneira para limpeza das sementes que devem ser semeadas em canteiros com substrato de matéria orgânica bem curtida e peneirada. A germinação ocorre em 20 a 40 dias e as plantas devem ser repicadas com 12 cm de altura. As mudas atingem 40 cm com 6 meses de viveiro e a planta inicia a frutificação com 1 a 2 anos.

 

 

 Plantando: Pode ser plantada a pleno sol como em bosques como em reflorestamentos de preservação permanente. Espaçamento 5 x 5 m entre covas que devem ter 50 cm de altura, largura e profundidade. Adicione aos 30 cm iniciais de terra tirado da cova 2 pás de areia, 1 kg de cinzas e 8 pás de matéria orgânica. Irrigar a cada quinze dias nos primeiros 3 meses, depois somente se faltar água na época da florada.

 

 

 Cultivando: Fazer apenas podas de formação da copa e eliminar os galhos que nascerem na base do tronco e ramos que crescerem para o interior da copa. Adubar com composto orgânico, pode ser 6 litros de matéria orgânica qualquer + 40 gr de N-P-K 10-10-10 dobrando essa quantia a cada ano até o 3ª ano, distribua os nutrientes sempre no mês de outubro.

 

 

 Usos: Frutifica de novembro a abril. Os frutos finos, alongados e quando estão maduros a polpa fica estufada e macia. Os frutos tem gosto de doce de figo e podem ser consumidos in-natura, mastigando e espremendo na boca, restando apenas um bagacinho fibroso com as sementes que devem ser cuspidas. Atrai grande numero de pássaros e a arvore é ornamental.

Embaúba
CECROPIA PACHYSTACHYA
Fruto da Embaúba atrai varios tipos de pássaros

Embaúba

CECROPIA PACHYSTACHYA

Embaúba, a Árvore do Bicho Preguiça!

  Afinal, alguém sabe o que significa Embaúba? A Embaúba é a designação comum de várias espécies de árvores, principalmente do gênero Cecropia. A Embaúba é uma planta de porte médio-grande que vive em áreas luminosas da floresta de mata atlântica e em toda a América, mas principalmente no Brasil. Existe por aqui pelo Brasil cerca de 10 espécies e a Cecropia glaziovii é a mais usada para fins medicinais e a mais conhecida.

 

   As embaúbas podem ser chamadas, também como: ambaíba, bauva, bauna, imbaíba, ambaia-tinga, lija, palo, árvore da preguiça entre outros.

 É uma árvore que se adapta facilmente a diferentes tipos de solo, e por isso pode ser encontrada em diversas regiões do Brasil. As principais são as do gênero Cecropia, que podem chegar aos 15 metros de altura. Pertence ao estrato das plantas pioneiras da Mata Atlântica.

 É também chamada de árvore da preguiça, pois seus frutos são alimento preferido por este animal. Suas folhas são grandes, e a árvore também, sendo fácil de reconhecer por causa do aspecto cilíndrico do caule, onde dentro se hospeda formigas do tipo “aztecas”. As folhas por serem bem grandes e se dão na ponta da parte de cima da árvore. Seus frutos e flores são bem estranhos, vermelhos e em forma de rolos.                                 

Benefícios e propriedades sobre a Embaúba :

 As propriedades da Embaúba incluem sua ação cardiotônica, diurética, anti-hemorrágica, adstringente, antiasmática, analgésica, anti-séptica, cicatrizante, expectorante e hipotensora.

 

 

 

 Indicado nos tratamentos de doenças como :

 

  •   Asma;

  •   Bronquite;

  •   Infecções respiratórias;

  •   Pressão alta;

  •   Disfunções menstruais;

  •   Amenorréia;

  •   Diabetes;

  •   Tosse;

  •   Feridas e machucados na pele;

  •   Coqueluche;

  •   Tuberculose;

  •   Alergias diversas;

  •   Infecções cardiopulmonares;

  •   Anúria;

  •   Diarreia;

  •   Dispneia;

  •   Erisipela;

  •   Infecções do trato urinário;

  •   Bronquite;

  •   Bronquite crônica;

  •   Normaliza a pressão arterial.

Como aproveitar os benefícios e propriedades da Embaúba ?

 

  Facilmente encontrada em casas de produtos naturais, a planta pode ser usada para fins medicinais, sendo preparada na forma de chás, sucos, infusões e pomadas.

  Pega-se um pedaço da folha medindo um palmo, deixa secar à sombra e depois que ela tiver seca, corta-se em pedaços e coloca-se em um litro de água deixando ferver por 10 minutos.  Desligar o fogo e deixar tampado até que fique morno. Coar e tomar uma xícara por dia para tratar de hipertensão. 

 

  Na forma de suco, é eficaz no tratamento de tosse e problemas respiratórios. Quando se trata de hemorroidas, o ideal é fazer uso da pomada de embaúba.

  O chá, de consumo comum, carrega todos os benefícios.

  O xarope pode ser usado para tratamento da asma, bronquite e coqueluche por meio da decocção dos frutos (É quando as partes da planta são fervidas junto com a água por alguns minutos), com água e açúcar.

 

 Toda a planta da embaúba pode-ser utilizada para fazer chás, infusões, sucos e pomadas, veja:

 

 

  Suco: O suco das folhas de embaúba são utilizadas para tosse e problemas respiratórios.

 ► Pomada: Ferver galhos de embaúba triturados com Azeite. Esse modo pode ser utilizado como pomada anti-hemorroidal.

  Chá: Adicionar os componentes de embaúba em água fervente. Beber uma xícara de chá, 3 vezes ao dia.​​

Curiosidades sobre a Embaúba :

 

 Como possuem caule e ramos ocos, vivem em interação com formigas especialmente as do gênero Azteca, que habitam no seu interior e que as protegem de animais herbívoros – daí seu nomes castelhanos de hormigo ou hormiguillo. Suas folhas são muito estudadas por cientistas brasileiros, onde se obteve o extrato aquoso dessas folhas e foi notada depois de testes que ela tinha sim ações para melhorar um indivíduo de hipertensão. As embaúbas são árvores leves, pouco exigentes quanto a solo, e muito comuns em áreas desmatadas em recuperação. Possuem frutos atrativos a várias espécies de aves, são capazes de se dispersarem rapidamente. Seus ramos e caule são ocos e seus frutos são atrativos para várias espécies de animais.

                               

O consumo da Embaúba contém efeitos colaterais?

 

 A Embaúba não possui efeitos colaterais registrados. No entanto, seu consumo deve ser evitado por gestantes e mulheres em fase de amamentação.