Projeto de Recuperação e Reflorestamento 
com Árvores Frutíferas

 Este Projeto está sendo elaborado especialmente pra você que apoia a ideia de contribuir mas não tem disponibilidade de tempo ou não sabe onde ou como plantar - Nós plantaremos pra você! 

 

    Você lembra de alguma vez ter visto algum animal silvestre morto numa estrada que você transitava?
 

 Pois é, isso esta cada vez mais frequente, mas será que eles estão invadindo nosso território ou  seria o contrário, nós é que invadimos o território deles?

 

 


 

O Desequilíbrio

  Uma família formada por 11 marrecos (9 deles eram filhotes) foi flagrada passeando por movimentadas avenidas de Cuiabá, no Mato Grosso. Na cidade de São Paulo, já há muitos anos, quem passa pelas Marginais Pinheiros e Tietê também já se acostumou a ver várias capivaras à margem dos dois rios que levam o mesmo nome das duas vias. São dois exemplos de espécies de animais vivendo completamente fora do ambiente natural. Infelizmente, casos como esses estão se tornado cada vez mais comuns nas grandes metrópoles do país.

“A principal causa da invasão de bichos silvestres em centros urbanos é a diminuição das florestas naturais. Em busca de alimentos, muitos acabam indo para além de seu habitat natural, chegam às áreas urbanas e acabam se perdendo, sem conseguir voltar. Outro problema frequente são as queimadas, que acabam afugentando muitos bichos das matas.

     Quais os objetivos do Projeto:

 

 

► Evitar que os animais silvestres saiam do seu habitat natural;
 

► Gerar abrigo e alimento para os animais, aves, répteis, insetos..etc;

► Reflorestar o máximo de áreas degradadas possíveis;

Apoiar a conservação da biodiversidade e manter o equilíbrio do ecossistema;

► Reduzir erosão, perda de solo e assoreamento;

► Contribuir para a redução de gases de efeito estufa;

Apoiar o uso sustentável dos recursos naturais e criar alternativas de trabalho e renda para famílias de baixa renda;

► O reflorestamento de zonas ciliares proporciona externalidades positivas, ambientais e sociais, muito significativas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável. 

Projeto
Fruti Ficando
Marrecos foram vistos na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá. (Foto: Reprodução/TVCA)
Fámilia de capivara flagradas na Marginal Pinheiros .(foto D.Brito)
Fámilia de Guaxinim atravessando a rodovia.
Rio com pouca mata ciliar - Ótima área para o reflorestamento

Quais mudas serão plantadas?

  Mudas nativas da própria região.

Quem pode participar do projeto? E como Participar?

  Todos podem participar, tais como: empresas, entidades, pessoas físicas, não só no dia do plantio como voluntário, mas também contribuindo, pois serão esses recursos que viabilizarão o projeto,

Quando será o Plantio das Mudas?

  O plantio será realizado uma vez por ano, sempre nos meses que antecedem o período das chuvas. Assim que definido o dia de plantio será divulgado. 

Onde será o Plantio?

  O primeiro local de plantio ainda não foi definido, porém será realizado próximo a sede da organização, com objetivo de otimizar os custos com transportes e mão de obra e consequentemente plantar mais árvores. Mas com certeza em um corredor verde de matas ciliares.

Qual o custo médio para plantar uma frutífera ?

  O valor do plantio de uma árvore frutífera depende de vários fatores, tais como: 

 O tamanho da Muda - Para o plantio em áreas degradadas e para reflorestamento aconselha-se o plantio de mudas maiores, com mais de 1 ano de vida, geralmente com 1 a 1,5 mts de altura, essas mudas tem um custo bem mais elevado do que mudas jovens, porém tem mais resistência e mais chances de vingar com sucesso.;

  A Variedade - Além do tamanho, á diferenciação no valores dependendo da variedade.;

  Transporte - Custos com transporte das mudas, insumos e ferramentas, mão de obra..;

  Ferramentas - Aquisição de ferramentas para o plantio e EPI (Equipamento de proteção individual);

  Alimentação - Custo de alimentação para os trabalhadores e voluntários;

  Insumos - Aquisição de insumos para o plantio, Adubos, gel de plantio, inseticida repelente natural...

 

 Manutenção - Visitas posteriores ao plantio são muito importantes, o monitoramento é fundamental para o bom desenvolvimento das árvores;

 Diante de tantos custos estima-se que o custo individual em média para o plantio de uma árvore frutífera na natureza, com um período médio de monitoramento custe em torno de $ 50,00.

Com qual valor posso contribuir?

 Você pode contribuir com qualquer valor, não tem valor mínimo nem máximo, a doação é livre e espontânea.

                                                             Como participar do dia de plantio?

 Primeiro você deve se cadastrar no site e depois enviar um e-mail demonstrando seu interesse em participar como voluntário(a) do projeto Fruti Ficando, e aguardar que entraremos em contato.

Você já pode doar!
Participe dessa corrente do bem!

Quais os Benefícios do Reflorestamento com Árvores Frutíferas?

   Além de todos os benefícios listados acima, as Frutíferas são praticamente a base da cadeia alimentar da fauna e importantíssimas para a flora, são elas  que determinam um ambiente mais equilibrado além de manter os animais em seu habitat natural. Animais, aves, peixes, répteis  e insetos se alimentam diretamente dos frutos e outros se alimentam dos que são atraídos pela árvore, é  algo natural que acontece na natureza, além de servir como abrigo. Estes são alguns de vários motivos e benefícios de se plantar Árvores Frutíferas. Confira alguns dos beneficiados:

Reflexão
“A árvore se entristece ao perceber que o cabo do machado é de madeira”