Babaçu
Attalea brasiliensis.
Utilização do coquinho do Babaçu para a fabricação de Artesanatos

Veja alguns dos Benefícios do Óleo do Coco Babaçu: 

  Para Pele: Quando o óleo de babaçu é usado em climas quentes, ele pode esfriar a pele. Os ácidos místico e láurico presentes no óleo derretem a uma temperatura que o corpo possui. Assim, quando o óleo é aplicado à pele, ele diminui o calor e esfria a pele. Também forma um revestimento em pó sobre a pele que a protege de poluentes e outros contaminantes. Uma extensa pesquisa em ratos provou que este óleo também pode ser usado para curar pequenas queimaduras e cortes.

 Este óleo não gorduroso é um excelente emoliente de pele, especialmente para os tipos de pele oleosa e seca. Ele fica facilmente absorvido pela pele, tornando-a suave, hidratando-a e mantendo-a hidratada. O óleo, quando aplicado sobre a pele, equilibra os óleos naturais da pele.

 

  Ótimo Para Cozinhar: O óleo de babaçu tem sido usado para cozinhar por vários tempos, o que o torna uma excelente composição em sua cozinha. O óleo contém, principalmente, ácido láurico, mas também contém uma mistura de ácido esteárico, ácido místico, ácido palmítico e ácido oleico. Estes ácidos são excelentes para a saúde e fazem o óleo de babaçu semelhante ao óleo de coco, que também é considerado um óleo muito saudável. Assim, você pode usar óleo de babaçu como um substituto para o óleo de coco.

 

 Tem Propriedades Anti-inflamatórias: O óleo de babaçu é preenchido com antioxidantes, como a vitamina E e fito esteróis. Estes antioxidantes podem combater a inflamação de forma muito eficaz. Esta é a razão pela qual o óleo é usado para tratar vários problemas de pele, como eczema. Embora os estudos ainda estão sendo realizados, pode-se dizer com segurança que o babaçu tem propriedades anti-inflamatórias e pode ser usado para curar os problemas de pele.

 

  Destrói os Radicais Livres: Se você usa óleo de babaçu topicamente ou por via oral, você vai se beneficiar das propriedades antioxidantes. O óleo pode destruir os radicais livres que levam a certos problemas graves, como câncer e envelhecimento prematuro.

 

 

 Condicionador de Cabelo: Aplique um pouco de óleo de babaçu antes de você passar o o xampu em seu cabelo. Ele ajuda a restaurar a elasticidade perdida em seu cabelo e faz parecer volumoso e cheio. Este é o óleo perfeito para o tratamento de cabelo danificado e quebradiço.

 

Lábios Macios: Em vez de comprar hidrantes labiais recheados de produtos químicos, você pode misturar um pouco de óleo de babaçu com um pouco de manteiga de karité e aplicar em seus lábios. Você vai ver os lábios rachados desaparecerem.

 

 

  Couro Cabeludo Seco: O óleo de babaçu tem todos os ingredientes para restaurar a saúde do seu couro cabeludo. Quando seu couro cabeludo é saudável, seu cabelo não cai. Em vez disso, será saudável e brilhante. O óleo tem ácidos que podem fazer milagres no couro cabeludo seco. Se você tem um problema não-bacteriano da caspa, este é o óleo que você necessita usar

 

 Unhas e Cutículas: O Óleo de Babaçu tem Vitamina E, que faz com que as unhas fiquem saudáveis e fortes. Ele também ajuda a deixar as cutículas das unhas macias.

 

  Melhora a Saúde do Animal de Estimação: O Óleo de Babaçu também pode melhorar a saúde do animal. O óleo, se consumido, melhora a digestão, higiene dental, equilíbrio hormonal, a força conjunta e controle de peso. Ele também ajuda a tratar a caspa, feridas e irritações, e limpar os ouvidos.

 

  Ajuda a Evitar o Odor Corporal: O Óleo de Babaçu pode tratar problema de odor corporal. Para fazer um desodorante caseiro, misture 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, 6 colheres de sopa de pó de Araruta e 10-15 gotas de óleo de babaçu.

 

 

  Rejuvenesce a Superfície de Madeira: O Óleo de Babaçu pode ser usado para prolongar a vida de placas de corte e utensílios de madeira e evitar a ocorrência de crescimento microbiano.

Os Benefícios do Óleo do Coco Babaçu são diversos

   O Babaçu é uma palmeira com grande altura, que produz até 2.000 frutos. Esta árvore cresce principalmente na América do Sul, mais especificamente no Brasil.

 

  Da palmeira se aproveita tudo, dos frutos se extrai o óleo de babaçu e o pó de babaçu, as folhas são usadas em tinturas e chás, assim como no artesanato e também, junto com o caule, na construção de casas típicas de certas regiões e do broto é possível retirar um palmito de boa qualidade. Os frutos que naturalmente caem no chão são recolhidos pelas mulheres conhecidas como ‘quebradeiras‘, que quebram o fruto com o uso de machado.

  O coco é rico em ácidos graxos como o láurico, mirístico, oleico e caprílico. Assim como o óleo de coco, ele é estável quando exposto a altas temperaturas, por isso o óleo prensado a frio 100% natural e orgânico é considerado uma boa alternativa aos outros óleos vegetais (milho, soja e girassol).

 Já o pó de babaçu, também chamado de mesocarpo do babaçu, tem compostos ricos em ácido fosfórico, colina e glicerina, tem ainda fibras, amido, sais minerais e outros. É usado como suplemento alimentar.

  O óleo é usado na fabricação de margarinas, remédios, sabão, sabonete, xampu, lubrificantes, detergente e até biocombustível. Não é a toa que ele é chamado de ouro verde da Amazônia!

  O Óleo de Babaçu é um óleo amarelo claro que é extraído das sementes de babaçu.

 

 

Babaçu
Attalea brasiliensis.

Cultivando

ORIGEM: Brasil.

 

PORTE: Chega atingir até 20 metros de altura.

 

FOLHAS: Geralmente em número de 15 a 20 folhas contemporâneas em cada planta.

 

FLORES: Acontecem durante o verão / outono

 

FRUTOS: Anualmente produz até 6 espádice (cachos) por planta, com uma grande quantidade de frutos.

 

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

 

ÁGUA: Manter o solo ligeiramente úmido, nunca encharcado. Enquanto a planta for jovem os cuidados devem ser maiores, após adulta dispensa grande atenção, devendo ser regada no caso de estiagens muito prolongadas.

 

CLIMA: Quente.

 

PODA: Não é necessária. Se for cultivada como ornamental, podem ser cortadas as folhas, inflorescências ou os cachos de frutos secos.

 

CULTIVO: Por ocasião do plantio da muda no lugar definitivo, abra uma cova de 50 x 50 cm, misture bem na terra retirada cerca de 20 a 30 litros de esterco de gado bem curtido ou composto orgânico e 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 10-10-10.

 

FERTILIZAÇÃO: Depois e 1 ano do plantio (conforme descrito acima ), aplique em torno do caule (nunca junto a ele) NPK 04-14-08; a quantidade deve variar de 3 a 10 colheres de sopa de acordo com o tamanho da planta.

 

UTILIZAÇÃO: Apesar de seus frutos serem usados comercialmente, fica bonita utilizada como ornamental, cultivada de forma isolada ou em pequenos grupos. O coquinho também é utilizado na fabricação de artesanatos.

 

PROPAGAÇÃO: Por sementes.

Quebra do coquinho